Negócios

Absenteísmo e atrasos no trabalho: como lidar de forma humana?

Por: Mutant, julho 8, 2018

O absenteísmo, provavelmente, começou a existir assim que foram criadas as primeiras relações entre empregador e empregado. O termo está diretamente ligado à palavra ausência, a estar afastado ou fora de algo. No caso em questão, do posto de trabalho. São muitas as razões para que ele ocorra e há empresas que sofrem, talvez até sem perceber, com a queda de produtividade e de rentabilidade provocada pela falta no trabalho.

Historicamente, a maneira que os gestores encontravam de resolver o problema sempre remeteu a punições, como advertências, suspensões e até demissão do funcionário faltante. Atualmente, sabemos que o absenteísmo nem sempre tem como único culpado o trabalhador. Muitas vezes, ele pode ser um indicador de que algo não vai bem na empresa.

Portanto, a punição, pura e simples, tem sido cada vez mais evitada, dando lugar a soluções mais humanas, que levam em conta o bem-estar do trabalhador e que se refletem em um ambiente corporativo mais acolhedor e rentável. Uma das tantas soluções, nesse sentido, tem sido o incentivo ao home office.

Neste artigo, vamos falar melhor sobre isso, apontando as causas da falta no trabalho e algumas soluções mais humanas para lidar com o problema, considerando a eliminação dele pela raiz. Continue a leitura!

Como o cotidiano interfere nas faltas e nos atrasos?

Algumas questões cotidianas, como precisar pegar as crianças na escola e greves e/ou atrasos de transporte público, ocorrem e devem ser fatores analisados para ter um ambiente de trabalho mais inclusivo, e não punitivo. Há, também, questões como problemas de saúde, dificuldades financeiras, entre outros que podem estar afetando os resultados do profissional:

  • doenças e problemas de saúde do profissional ou de um familiar;
  • transtornos mentais, como estresse ou ansiedade;
  • problemas com mobilidade urbana;
  • situação financeira ruim;
  • imprevistos com os filhos ou com parentes idosos.

Todas essas são causas que, em princípio, têm a ver com a vida pessoal do funcionário. Mas nem por isso devem ser tratadas com menosprezo ou com punições pelas empresas.

Quando o clima organizacional é a causa para o absenteísmo?

Muitas vezes, o problema está dentro da empresa e os gestores só passam a percebê-lo quando começam a sentir os índices de absenteísmo subirem progressivamente. Veja alguns deles:

  • equipe desmotivada;
  • instabilidade entre os colaboradores;
  • falta de entendimento do seu papel na organização.

Nesse caso, os gestores e o departamento de Recursos Humanos precisam avaliar cuidadosamente cada situação e analisar quais medidas devem tomar para resolver a questão.

Quais são as saídas mais humanas para lidar com a falta no trabalho?

Há soluções inovadoras, que utilizam tecnologia e tato por parte da companhia e que têm sido consideradas mais eficientes no combate ao absenteísmo. Muitas delas são simples de serem executadas. Outras, exigem mudanças profundas nos processos e na cultura organizacional. Veja quais se adequam melhor à realidade da sua empresa.

Promoção do bem-estar do trabalhador

É crescente, entre os trabalhadores de todas as áreas, a valorização da qualidade de vida, tanto pessoal quanto profissional. Por isso, para manter os melhores profissionais na sua equipe, é importante que a organização promova o bem-estar no ambiente de trabalho e incentive uma vida mais saudável, com campanhas e ações dentro da empresa.

Melhoria do clima organizacional

Realizar pesquisas de clima e atender, verdadeiramente, ao que os funcionários anseiam ao responder a esses questionários, ajuda a fazer com que seus colaboradores percebam que são ouvidos. É importante criar esse ambiente respeitoso, de compreensão mútua e que valoriza a comunicação.

Criação de uma política de home office

Como mencionamos, há pessoas que enfrentam, diariamente, os problemas de mobilidade urbana, além daquelas que precisam cuidar de filhos ou de parentes idosos.

Em muitos desses casos, a implantação de uma política de home office reduz o absenteísmo e aumenta a produtividade da equipe, que se sente mais motivada. Além de reduzir a falta no trabalho, ter funcionários trabalhando em casa mostra confiança do gestor em seu time. Essa é uma tendência cada vez mais forte no mercado.

Garantia de condições de trabalho seguras e saudáveis

Já parou para pensar que, se o seu funcionário fica doente muitas vezes, a causa pode ser o próprio ambiente de trabalho? Equipamentos e instalações físicas adequadas podem evitar problemas físicos, assim como locais arejados e limpos.

Valorização e feedbacks constantes

A desmotivação do colaborador pode estar diretamente relacionada à falta de feedbacks sobre a sua atuação na empresa. É fundamental que ele saiba a importância da sua função dentro do processo organizacional e que receba orientações para melhoria contínua e para alcançar os resultados esperados.

Plano de cargos, carreiras e benefícios

Saber que há oportunidades de crescimento profissional, benefícios atrativos e bons salários na empresa em que se trabalha funciona como um tonificante, reduzindo significativamente a desmotivação e o consequente absenteísmo. Além disso, torna seu negócio mais visado pelos melhores profissionais do mercado.

Transparência e metas atingíveis

Algumas empresas pecam ao exigir dos seus funcionários metas que eles nunca poderão alcançar. Muitas vezes, isso é feito com o intuito de incentivar um clima de competição, mas pode ter o efeito contrário: como não consegue alcançar os resultados esperados, a equipe acaba vencida pelo cansaço.

Portanto, seja transparente ao apresentar os objetivos da empresa e não exija mais do que os seus colaboradores podem oferecer diante das condições de trabalho que a organização oferece.

Promoção de treinamentos

Ao promover a capacitação da sua equipe, a organização mostra o quanto o colaborador tem valor para a empresa, demonstrando sua confiança no potencial dos seus funcionários. Podem ser feitos treinamentos e palestras, oferecidas bolsas de estudo e cursos online. Tudo o que puder aperfeiçoar o trabalho dos profissionais da sua companhia vai contribuir com a redução dos níveis de faltas.

Como vimos, o absenteísmo pode levar a empresa a ter prejuízos que, nem sempre, consegue identificar, reduzindo a produtividade e a rentabilidade do negócio. Por isso, é importante ficar atento às suas causas, promover as melhorias necessárias para evitar as faltas no trabalho e promover um ambiente de cooperação entre os seus gestores e funcionários.

Agora que você já sabe a importância de lidar com o problema de uma forma mais humana, que tal compartilhar com seus contatos essa nova visão sobre o assunto? Vamos lá!

    • Receba nosso conteúdo em primeira mão.