Negócios

Conheça o trabalho remoto e seus principais benefícios

Por: Mutant, junho 1, 2018

O mundo vem passando por uma revolução tecnológica, impactando não só os modelos de negócio, como também as relações de trabalho. Nesse contexto, o trabalho remoto é uma forte tendência, adotada por empresas do mundo todo, e que começa a se popularizar no Brasil. Isso acontece, principalmente, pelos diversos benefícios desse formato de atuação.

Entretanto, o tema é ainda desafiador para muitos gestores, por conta de questões importantes, como monitoria de resultados e garantia de engajamento da equipe, já que os profissionais não estarão juntos presencialmente.

Como sabemos da relevância do assunto, reunimos neste post algumas informações sobre o trabalho remoto e seus benefícios. Confira!

Panorama atual do trabalho remoto

Ter colaboradores atuando a partir de diversos lugares, inclusive de casa, no formato home office, é uma forte tendência que, há alguns anos, vem sendo adotada por empresas em todo o mundo. Especialmente nos ramos que têm grande parte de suas operações baseadas em redes, como Tecnologia da Informação e Telecomunicações.

Conforme artigo recente da Forbes, antes da crise do coronavírus (covid-19), cenário que ampliou a escala do trabalho remoto, um dos principais motivos que levavam os norte-americanos a quererem trabalhar nesse modelo era um incremento da qualidade de vida. As principais razões levantadas entre profissionais confirmam esse ponto. As pessoas buscavam:

  • melhor equilíbrio entre vida pessoal e trabalho: 91%
  • aumento da produtividade/melhor foco: 79%
  • fuga do trânsito: 78%
  • redução de estresse: 78%
  • economia financeira: 76%
  • menos dramas do dia a dia de escritório: 73%

No Brasil, uma pesquisa realizada em 2016 pela SAP — consultoria brasileira especializada em RH — trouxe dados que nos ajudam a refletir o interessante impacto que essa modalidade já vinha apresentando no país. O estudo identificou, entre as empresas participantes:

  • 50% de aumento no número de companhias que estavam implantando a prática;
  • 15% de aumento no número de companhias que estavam estudando a implantação;
  • 28% de aumento na formalização;
  • 68% das empresas adotavam alguma modalidade de teletrabalho;
  • 85% das empresas praticantes apontaram aumento da satisfação e engajamento de colaboradores;
  • 89% das empresas praticantes utilizavam como estratégia para atração de colaboradores;
  • 80% das empresas praticantes implantaram o home office nos 5 anos anteriores à pesquisa;
  • 23% das empresas praticantes promoveram redução de espaço físico nos 2 anos anteriores à pesquisa;
  • 66% das empresas consideravam o trabalho remoto como ferramenta para enfrentar épocas de crise econômica.

No cenário do estudo, São Paulo despontava na liderança, com o maior número de empresas adotando o trabalho em home office, parcial ou integralmente.

Apenas para um exemplo prático do crescimento da tendência na última década, vamos voltar ao cenário mundial. Sabia que a Automatic — dona da plataforma WordPress — opera de modo totalmente remoto? Em 2017, a empresa fechou seu escritório em São Francisco, na Califórnia, em 2017.

A cultura de trabalhar fora do escritório já estava tão estabelecida na empresa que a manutenção do espaço físico não fazia mais sentido. Em vez disso, a empresa oferece subsídios aos seus colaboradores, como uma verba de até US$ 250 mensais para financiar o uso de espaços de coworking ou mesmo para a compra de computadores ou de café, para aqueles que trabalham em cafeterias, por exemplo.

É interessante frisar novamente que, com a pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, muitas empresas se viram obrigadas a adotar o trabalho remoto. Apesar de o cenário que impulsionou a mudança ser negativo em vários sentidos, existe a previsão de que o trabalho remoto ganhe credibilidade e escalabilidade, tendo em vista que se mostra, em vários setores, como a única alternativa viável para resistir no mercado.

Principais benefícios do trabalho remoto

Os benefícios do trabalho remoto não se limitam apenas ao colaborador e à empresa, mas se estendem também ao meio ambiente, como destacamos a seguir:

Mobilidade

O crescimento das cidades, da falta de qualidade dos meios de transporte, da intensidade do trânsito e das longas distâncias são alguns dos principais motivos que pressionam o mercado no sentido de oficializar o trabalho remoto.

O tempo, que antes era perdido, pode ser usado para lazer, atividades físicas e cursos, incluindo o aprimoramento profissional, impactando sua qualidade de vida. Em todas as alternativas, ganham o funcionário e a empresa.

Inclusão social

O trabalho remoto elimina as distâncias, tornando a área de contratação muito mais abrangente. Uma empresa não precisa se limitar à sua localidade, ou mesmo cidade e região, para contratar profissionais. Sendo assim, são criadas oportunidades para pessoas de áreas mais remotas, onde as possibilidades profissionais são mais escassas.

Além disso, o modelo favorece a contratação de colaboradores com dificuldades motoras, que podem atuar em um ambiente adaptado (sua casa) e sem necessidade de deslocamento.

Produtividade

Além do ganho de qualidade de vida e do nível de satisfação do funcionário, que por si só garantem um aumento de produtividade, a ausência de reuniões em excesso também favorece os resultados.

Redução de custos

Para a empresa, a economia é inegável e inclui tudo: o ambiente físico, os equipamentos necessários, a internet, a energia, o café, a água e outros serviços, como limpeza e manutenção do espaço.

Já para os colaboradores, embora tenham um aumento nas contas de luz e de internet, gastam menos com alimentação, vestuário e gasolina, além de conseguirem outros benefícios, como desfrutar do horário promocional da academia e descartar o transporte escolar ao buscar o filho na escola, por exemplo.

Qualidade de vida

Além do ganho de tempo já mencionado, o profissional que se adapta a trabalhar em casa vive mais feliz, em um ambiente com menos estresse e pressão que o do escritório.

São muitos os fatores que tornam a rotina longe das empresas mais saudável, tais como alimentação caseira, sensação de liberdade longe dos ambientes fechados, possibilidade de incluir um esporte ou hobby no dia a dia e dispensa de códigos de vestimenta.

Sustentabilidade

Mais pessoas trabalhando em casa significa menos: carros nas ruas, emissão de CO2, edifícios comerciais, gasto de energia elétrica, produção de lixo e poluição. Além disso, a lotação dos transportes públicos diminui, já que menos indivíduos sairão todos os dias para trabalhar.

Boas práticas na adoção do modelo

Para que a alternativa renda bons frutos é necessário entender a realidade da empresa e dos seus funcionários. Antes de tudo, o negócio tem que permitir entregas não presenciais e os colaboradores precisam se adaptar ao trabalho à distância.

Dessa maneira, tanto empresa quanto funcionário devem ter atenção a algumas questões:

Ambiente de trabalho

Um espaço adequado e a correta gestão do tempo de trabalho em casa são vitais para a produtividade, por isso, alguns pontos merecem atenção:

  • iluminação adequada;
  • disponibilidade de ferramentas necessárias, como acesso à internet, computador, impressora, sistemas de gestão online etc.;
  • regras de convívio com outras pessoas da casa;
  • horários determinados de tarefas profissionais e pessoais.

Ferramentas diversas

O uso de algumas ferramentas, softwares e aplicativos, é fundamental para que o trabalho remoto funcione. Aliás, ele não seria possível sem elas. As principais são:

  • de interatividade: como chats e softwares de chamadas em vídeo;
  • de colaboração e ferramentas de status: em que todos podem acompanhar o status e os dados de um projeto, com informações centralizadas e acessíveis;
  • de comunicação e documentação: um espaço de trabalho aberto e compartilhado tanto interna quanto externamente.

Sistema de ponto remoto

Investir em um sistema de ponto remoto para monitorar a jornada de trabalho dos colaboradores que atuam de casa possibilita a adoção do modelo por áreas nas quais antes isso era inviável.

Tipos de empresas que podem se beneficiar

Muitos gestores são céticos e receosos em relação ao trabalho de equipes remotas, outros simplesmente acreditam que não funciona em seu modelo de negócio. Afinal, como garantir que o funcionário está trabalhando?

Essa é a principal razão pela qual o modelo home office ficou, inicialmente, restrito às áreas que não exigem rigidez de horário, como empresas de tecnologia e comunicação, por exemplo. Atualmente, graças ao desenvolvimento da tecnologia, esse cenário vem expandindo essa possibilidade para outros setores, tais como: centrais de atendimento, financeiras, telecomunicações, seguradoras, entre outras.

Nessas áreas, o colaborador precisa cumprir um horário pré-definido e a monitoria é vital. Com as ferramentas atuais, em especial o controle de ponto remoto, além do armazenamento em nuvem e da integração de sistemas, é possível para esses segmentos atuarem remotamente de maneira efetiva.

Embora o trabalho remoto não seja um modelo aplicável a todas as atividades, desde que se adeque à realidade da empresa e conte com o perfil certo de colaboradores, é uma opção extremamente vantajosa para todos os envolvidos.

Maneiras de gerenciar uma equipe a distância

Para que se possa usufruir ainda mais dos benefícios do trabalho remoto, o gestor de equipe precisa buscar formas de gerenciar o seu time a distância. Na sequência, mostraremos algumas boas práticas que podem ser executadas nesse sentido. Acompanhe!

Inclua eventos presenciais

Apesar de o trabalho ser remoto, em algumas situações podem ser desenvolvidos eventos presenciais. Eles são recomendados para que haja uma aproximação da equipe e todos possam se conhecer melhor e estreitar os laços de relacionamento.

Esses eventos podem ser comemorações, como aniversário da empresa ou outras datas comemorativas. Também podem ser cursos ou treinamentos, visando qualificar a equipe.

Faça reuniões constantes

As reuniões são fundamentais no gerenciamento de equipes a distância. Nos encontros virtuais, podem ser repassadas orientações e acompanhados os status das atividades e tarefas que estão sendo realizadas.

Existem diversas ferramentas de videoconferência que podem ser utilizadas para esses encontros, inclusive gratuitas. Basta escolher a que achar mais adequada e realizar as reuniões com os seus times.

Apresente feedbacks semanais

É importante que o gestor apresente feedbacks semanais para os seus colaboradores, para que eles saibam se estão realizando bem o trabalho ou se é necessário desenvolver algum tipo de melhoria.

Os feedbacks gerais podem ser trazidos nas reuniões online. Porém, questões mais pessoais devem ser tratadas diretamente com a pessoa a que se diz respeito.

Maneiras de motivar uma equipe remota

Mesmo quando se trabalha a distância, para potencializar os benefícios do trabalho remoto, é necessário motivar a equipe. Para isso, temos algumas dicas interessante. Veja!

Seja o maior exemplo

O líder precisa educar pelo exemplo, mostrando que está sempre motivado com o trabalho e pronto para usar os meios necessários para a execução das atividades propostas.

Imagine, por exemplo, que é necessário usar uma ferramenta para registrar as tarefas realizadas. Se o líder não fizer isso corretamente, certamente os colaboradores também não farão.

A cultura organizacional se dissemina de cima para baixo! Por isso, fique atento a esses detalhes.

Crie um sistema de recompensas

A equipe também pode ser motivada com um sistema de recompensas, como bônus em dinheiro ou prêmios especiais para quem alcançar mais resultados.

Se a sua equipe for de vendedores externos, por exemplo, pode-se criar uma política de participação de lucros para os profissionais que atingirem as metas. Assim, todos ficarão mais motivados para executar as suas funções.

Não resta dúvida de que são muitos os benefícios do trabalho remoto, não é mesmo? Por isso, coloque em prática tudo o que ensinamos neste artigo e tenha mais eficácia ao implementar essa modalidade na sua empresa. De tal maneira, as vantagens serão potencializadas.

Gostou das dicas? Então assine a nossa newsletter e mantenha seus conhecimentos atualizados com conteúdos relevantes como este!

    • Receba nosso conteúdo em primeira mão.