Tecnologia

Digital workplace: o que é, quais os benefícios e quais práticas devem ser adotadas?

Por: Mutant, março 22, 2022

Engajamento, inteligência competitiva e flexibilidade. Em nossa visão, essa é a melhor forma de definir e explicar os benefícios de um digital workplace. Caso não saiba, essa solução vem se consolidando como uma tendência nos últimos anos, sobretudo por conta da popularização do trabalho remoto.

Por isso, preparamos este post especial sobre o assunto. Aqui, apresentaremos as principais curiosidades sobre o tema, explicando o que é um digital workplace, quais as boas práticas a serem implementadas com o método e como a sua gestão pode se beneficiar com essa tecnologia. Então, não perca tempo e acompanhe!

O que é digital workplace?

Como sempre, a melhor forma de entender um conceito é trazendo o seu significado para a nossa língua. Em português, a expressão digital workplace remete a um ambiente de trabalho digital. Basicamente, trata-se de uma plataforma em que os profissionais podem interagir durante a realização dos trabalhos.

Esse espaço é representado por uma interface digital, como um app de trabalho, produtividade e colaboração, ou até mesmo, uma interface tridimensional, em que avatares são apresentados em uma realidade virtual — uma ideia que ganhou a atenção de gigantes da tecnologia, como Microsoft e Meta (antigo Facebook).

Esse conceito também é conhecido por outro nome, bastante equivalente e semelhante: virtual workplace. Um ambiente de trabalho virtual, como sugere o nome, é uma instância onde os colaboradores podem contribuir para os projetos, elaborar planos, trocar informações e tomar decisões, de maneira ágil, segura e prática.

No futuro, tecnologias como VR (Realidade Virtual) e AR (Realidade Aumentada) podem tornar os ambientes digitais de trabalho ainda mais populares, derrubando a barreira do material e imaterial. De momento, existem apenas alguns setores que abraçaram esse conceito e metodologia.

Claramente, a maioria das empresas que adotam essa solução são aquelas que fazem parte do setor de tecnologia. Com colaboradores jovens, antenados e com tarefas predominantemente digitais e compatíveis com o trabalho remoto, essas operações se beneficiam com as particularidades do ambiente digital.

Entre os principais modelos de negócios a adotarem essas tecnologias, destacamos software houses, estúdios de desenvolvimento de jogos, agências de marketing e startups. No entanto, nada impede que setores mais tradicionais abracem esse conceito, como escritórios de advocacia, contabilidade e por aí adiante.

Quais os benefícios do digital workplace?

Engajamento, produtividade, economia, retenção de talento e muito mais. Da forma como percebemos, essa é uma das poucas tendências modernas que oferecem um conjunto tão amplo de benefícios para as gestões. Abaixo, listamos e detalhamos cada um desses aspectos. Dê uma olhada!

Engajamento

Inicialmente, o distanciamento do trabalho remoto esfriou as relações entre as pessoas. Com o digital workplace, se conquista o melhor dos dois mundos. A privacidade e autonomia dos colaboradores é respeitada, mas se recupera a proximidade e a qualidade da comunicação de uma jornada presencial.

Produtividade

Uma das principais razões para o aumento da produtividade é, justamente, o ganho de autonomia enorme percebido pelos funcionários, que exercem suas jornadas de trabalho com mais conforto, independência e concentração. O digital workplace apenas acrescenta uma pitada de funcionalidade e comunicação na jogada.

Flexibilidade

Levar o trabalho para o ambiente digital foi um dos maiores saltos da indústria nos últimos anos. Claro, essa transição ocorreu por uma pressão externa muito forte, em função da pandemia. Mas como muitas gestões descobriram, essa flexibilização resultou em maior autonomia, produtividade e qualidade de vida para todos.

Atratividade

O mercado está sedento por profissionais qualificados, sobretudo no setor de tecnologia. Nesse cenário, oferecer vagas que entreguem flexibilidade e autonomia acaba sendo um atrativo muito grande para os candidatos, que não buscam apenas um bom salário, mas, sobretudo, uma boa qualidade de vida.

Retenção

Além de atrair, as jornadas de trabalho remoto e o cotidiano flexível, descontraído e produtivo dos workplaces digitais acabam sendo um forte argumento para a retenção de talentos na sua empresa. Mas claro, isso também depende de outros fatores, como a qualidade dos relacionamentos entre os integrantes.

Otimização

Se você entende de estratégia comercial, sabe como é importante otimizar recursos, sejam materiais, como o dinheiro, ou imateriais, como o tempo. Um ambiente de trabalho digital estimula a produtividade e o foco, enquanto minimiza a ociosidade e a distração, oferecendo apenas o melhor para a sua gestão.

Economia

Por último, mas também importante, temos a redução de custos. O trabalho remoto, por si só, é o maior representante desse benefício. Levando a jornada de trabalho para o digital, é possível cortar gastos consideráveis, como locações imobiliárias, custos com facilities, estruturas, transporte e afins.

Quais as boas práticas para trabalhar com digital workplace?

Assim como no ambiente de trabalho presencial, é importante inserir um código de conduta e boas práticas. Assim, é possível estimular um ambiente de trabalho saudável, em que os integrantes respeitem os limites dos colegas e, claro, saibam usar a totalidade das ferramentas. Agora, confira as boas práticas!

Adoção de ferramentas integradas

Integração e conectividade em tempo real são pilares fundamentais do trabalho digital. Por isso, é importante priorizar o uso de ferramentas sincronizadas. Um exemplo emblemático disso é a suite de aplicativos Office da Microsoft, como Word, Excel e Team, e também os apps da Google, como Sheet, Docs e Hangout.

Capacite os integrantes

A depender das ferramentas adotadas, é possível que nem todos os colaboradores estejam familiarizados com esses aplicativos, suas telas e funções. Por isso, é muito importante investir na capacitação das equipes, ensinando a todos a usar as ferramentas e extraírem o máximo de seus recursos e funcionalidades.

Defina disponibilidade e comunicação como pontos centrais

Além de ser uma tecnologia que favorece o crescimento de um negócio escalável, o digital workplace também estimula transparência, comunicação e disponibilidade. Isso é especialmente importante para cargos em que é preciso prestar um atendimento inteligente, com um acesso constante à base de conhecimento da empresa, seus produtos, serviços, etapas e procedimentos de suporte.

Como pode ver, o ambiente de trabalho digital está vindo com tudo, “surfando na onda” criada pela popularização do trabalho remoto. Com essas ferramentas, é possível alavancar a produtividade, a comunicação e o engajamento dos times, combinando o melhor do presencial e do remoto em uma única solução.

Agora que você sabe o que é, e quais as vantagens de adotar o digital workplace, aproveite para seguir se atualizando nesse tema. Para isso, é fácil, pois basta acessar e curtir a nossa página oficial no Facebook!

    • Receba nosso conteúdo em primeira mão.