Marketing

Site ou app: entenda quais são os momentos para usar cada um

Por: Mutant, novembro 13, 2018

Escolher entre site ou app deixou de ser uma decisão meramente ligada aos aspectos operacionais das empresas para se tornar uma questão estratégica dos negócios. Você já parou para pensar nisso? Saiba que, em parte, essa mudança de posicionamento ocorreu devido a duas novas realidades trazidas pela internet: uma que pode ser considerada boa e outra, ruim.

Por um lado, o crescimento do uso da web proporcionou que as organizações expandissem, de forma significativa, a área de atuação. Como se sabe, isso levou ao aumento das vendas, já que não há mais necessidade de pontos físicos do negócio. Sob outra ótica, porém, a facilidade de manuseio da Internet também permitiu que o consumidor tivesse uma imensidão de possibilidades de escolha, o que gera grande concorrência nos mercados.

Para ajudar a optar pela melhor forma de presença digital para a sua realidade, apresentamos em seguida alguns fatores que devem ser levados em conta na hora de decidir entre site e app.

Benefícios de se ter um aplicativo para empresa

Veja, a seguir, alguns pontos positivos de se ter app na organização, tanto para o relacionamento com o público interno quanto com o externo.

Controlar a gestão da produtividade

A internet permitiu que o trabalho remoto se tornasse realidade para grande parte das empresas. Com isso, um vendedor, por exemplo, não precisa mais “descarregar” todos os pedidos somente no final do dia, quando retornar para a sede do negócio. Hoje em dia, com o uso de aplicativos, é possível transmitir as informações em tempo real e, assim, agilizar a logística da entrega.

Esse é apenas um exemplo de como um app pode proporcionar mais eficiência para uma organização, o que contribui para redução de custos e, consequentemente, aumento da competitividade.

Melhorar a comunicação interna

Uma comunicação eficaz é um requisito crucial para que um empreendimento consiga atingir os objetivos estratégicos. É provável que você já tenha ouvido relatos de problemas empresariais que ocorreram somente devido à falta de diálogo ou à ausência de troca de informações, não é mesmo?

Como os níveis hierárquicos, em certos casos, podem atrapalhar o fluxo da comunicação em um negócio, o uso de um app para o público interno pode ser uma maneira eficiente de agilizar a interação entre setores e, com isso, diminuir o tempo de resposta para determinadas ocorrências na empresa.

Aumentar o alcance da marca e a fidelidade dos consumidores

Possivelmente, você e grande parte das pessoas ao seu redor têm algum dispositivo móvel, como um smartphone ou tablet, certo? Essa situação também é frequente entre os consumidores do seu negócio. Por esse motivo, ao oferecer um app para o público externo, a empresa contribui para aumentar o alcance da marca.

A propósito, tenha em mente que estar presente no celular do seu cliente é conquistar um espaço pra lá de especial, já que isso demonstra algum apreço do consumidor em relação à empresa; caso contrário, ele não se daria ao trabalho de baixar o app. Além disso, com a possibilidade de enviar notificações para o consumidor, a organização age de modo a elevar a fidelidade da clientela.

Para se ter uma ideia do uso cada vez mais frequente do celular para acesso à web, segundo a pesquisa PNAD Contínua TIC 2016, do IBGE, a banda larga móvel foi utilizada por 76,9% da população com 10 anos ou mais de idade que acessou a internet no período de referência.

Trazer qualidade na experiência do usuário com a marca

Ainda quanto ao público externo, a utilização de um aplicativo pode ser um jeito de estreitar o relacionamento com o cliente e, assim, melhorar a experiência dele com a marca. Para se ter uma ideia disso, atualmente os chamados “bancos digitais” já oferecem a abertura de conta de modo totalmente online, por meio de um aplicativo. Além disso, os chats de atendimento nesse tipo de serviço são bastante ágeis, o que é tido como algo positivo pelos clientes.

Vantagens de se ter um site para o negócio

Confira, agora, alguns prós de se manter um site para a sua empresa.

Elevar a visibilidade de produtos ou serviços

O ponto de venda digital já é realidade para uma parcela considerável dos negócios hoje em dia. Por isso, ao escolher se vai investir em site ou app, muitos empreendimentos optam pelo site primeiro como forma de ter uma espécie de vitrine constante para as mercadorias.

Afinal, a estrutura de um site permite que os produtos ou serviços sejam organizados em categorias, com descrição, fotos e vídeos, avaliações etc. Assim, com uma ferramenta de busca, o cliente pode encontrar o que procura sem dificuldade e sem ter que armazenar muitos dados no próprio dispositivo móvel.

Aumentar as vendas

Principalmente para quem faz parte do comércio B2B, realizado entre empresas, ter um site significa maior probabilidade de aumentar as vendas. Isso ocorre, em parte, porque nem sempre os negócios utilizam dispositivos móveis para pesquisar por um fornecedor.

Do ponto de vista do cliente final, um site permite a comparação mais rápida de preços, o que tende a proporcionar o fechamento do pedido também de forma mais ágil.

Ter uma relação direta com o consumidor

Como muita gente trabalha com computador no dia a dia, por vezes o site é o caminho mais fácil para entrar em contato com a empresa. Afinal, basta pesquisar o nome da organização num buscador para logo encontrar a página do negócio. Assim, um site pode reunir todas as informações acerca dos canais de atendimento do empreendimento, já que os limites para inserção de conteúdos são maiores.

Como você pôde notar, tanto um aplicativo quanto um site são úteis para o funcionamento de um negócio. Em geral, o ganho de um sobre o outro é ocasional, devido ao público em questão e às circunstâncias de uso.

Ainda assim, a decisão de “atirar para todos os lados” pode custar caro para o negócio, não é mesmo? Por isso, para evitar custos excessivos, a empresa pode contratar pesquisas sobre o público-alvo ou levantar os dados internamente acerca da experiência do cliente.

Por exemplo, se a organização conhece as taxas de conversão em cada tipo de canal, site ou app, pode ser mais fácil decidir onde deve investir mais recursos.

Hoje em dia, com o uso de ferramentas especializadas, é possível saber de que tipo de dispositivo as pessoas acessaram o conteúdo da empresa, qual sistema operacional elas utilizaram, de qual cidade se conectaram etc. Esses dados, portanto, podem ser um excelente subsídio para a escolha entre site ou app.

Se a empresa não têm condições de implementar as duas plataformas ao mesmo tempo, uma possibilidade é a criação de um site responsivo, o qual pode se adequar aos mais variados dispositivos e sistemas operacionais. Afinal, nesse caso as informações se adaptam ao tamanho da tela, de modo a não prejudicar a eficácia da comunicação.

Gostou dessas dicas para escolher a melhor plataforma para a sua empresa? Quer receber mais conteúdos relevantes para a gestão do seu negócio? Curta, então, a nossa página no Facebook e não perca as próximas novidades!

    • Receba nosso conteúdo em primeira mão.