Negócios

Eficiência operacional: entenda como a Mutant pode ajudar

Por: Mutant, julho 21, 2020

A eficiência operacional é o resultado do esforço em busca da perfeição na execução de cada tarefa. Ela inclui todo tipo de práticas que otimizam o uso dos recursos, eliminando erros e defeitos. Além disso, ainda aumenta a agilidade em cada processo, contribuindo com a competitividade e a rentabilidade.

Bom, tudo isso é um pouco do que nos dedicamos todos os dias, não é? A questão é que, pra obter o máximo desses benefícios, a empresa precisa se dedicar na construção de uma cultura interna favorável e saber usar a eficiência como um meio de alcançar os objetivos — e não como um fim.

Esse é um grande desafio, e estamos aqui pra te ajudar. Neste conteúdo, vamos te mostrar o que é preciso fazer pra otimizar esses processos!

A eficiência operacional é estratégica?

Sobre eficiência operacional, o professor da Harvard Business School, Michael Porter, afirma em seus estudos que ela consiste em “exercer atividades semelhantes melhor do que os rivais”. E o especialista ainda aborda o conceito de estratégia.

A estratégia envolve desenvolver atividades diferentes da concorrência, ou mesmo semelhantes, mas de um modo diferenciado. Dá pra perceber uma abordagem que valoriza a inovação, o que é ótimo, mas nada disso significa diminuir a importância da eficiência!

A questão é saber como aplicá-la em benefício da estratégia e da satisfação do cliente — o que envolve atenção com customer experience.

Como aumentar a eficiência operacional da minha empresa?

Nas empresas a eficiência deve ser perseguida com uma abordagem que considera suas funções. Temos enquanto exemplos o aumento da lucratividade, da rentabilidade, da qualidade e do índice de aproveitamento dos recursos.

Acima dessas atribuições estão os objetivos pretendidos com suas aplicações, como encantar e engajar o cliente. Portanto, tudo começa com a criação de uma cultura organizacional e uma forte influência das lideranças em implantá-la.

Imagine um colaborador exemplar, que segue à risca as orientações que recebeu no treinamento e executa os processos exatamente da forma que foram solicitados. Comprometido com os indicadores de seu desempenho, ele está determinado a aumentar a produtividade e busca atender o cliente com o máximo de agilidade.

Até aí, tudo perfeito, certo? Acontece que ele nem ao menos olha nos olhos da pessoa, de tão preocupado que está com a tarefa. Se a cultura, no entanto, for forte e eficaz em fazer do consumidor um protagonista, o colaborador jamais deixará de dar atenção completa ao personagem principal.

Isso é fundamental pra fidelizar o cliente, mas também dá pra incorporar outras medidas. Veja só!

Reveja processos

Não existe um modo de proporcionar uma boa experiência sem desenhar processos e executá-los eficientemente. Elaborar e treinar a execução de cada tarefa é crucial e, claro, eficaz. Se o cliente estiver no centro do processo, tudo vai funcionar bem.

Use dados

Eficiência não é sobre como achamos que a operação deveria ser, mas sobre as prioridades de melhoria que devemos focar agora. Logo, os dados devem ser usados pra identificar gargalos e trabalhar firme em eliminá-los — cada um por vez, começando pelos que podem ter maior impacto nos resultados.

Defina metas

Com base em dados seguros e em um diagnóstico preciso, fica fácil elaborar metas e objetivos, como diminuir o tempo de espera de atendimento pra menos de um minuto.

Monitore resultados

Com base nas metas, você fecha o ciclo ao monitorar o atingimento delas. Porém, pra gerir a eficiência, é preciso ir além do controle dos indicadores de desempenho, concentrando-se nos propósitos que você estabelece pra melhorá-los.

Quais são as soluções possíveis para aumentar o índice?

Não faltam cases de sucesso na busca pelo aumento da eficiência operacional e convivemos com muitos deles em razão do nosso trabalho. A nossa experiência também revela que as soluções possíveis são alicerçadas por uma grande participação das lideranças. Somado a isso, é necessário um envolvimento das equipes, bem como colaboração especializada e aplicação intensiva de:

  • tecnologia;
  • automação;
  • uso de dados;
  • inteligência analítica;
  • abordagem humanizada;
  • customer experience.

Como os serviços da Mutant se encaixam na eficiência operacional ideal?

A eficiência operacional por aqui nunca foi uma ferramenta que pudesse ser usada de forma isolada da estratégia. Ela se revela na percepção de qualidade do cliente, que é resultado da eficiência aplicada na construção de uma boa experiência. Por isso, não adianta pensar em ações separadas!

A Mutant contribui justamente com as ferramentas que os nossos clientes precisam pra estruturar uma operação integrada entre os vários canais e departamentos da empresa. A ideia é buscar sinergia entre as pessoas pra realizar cada vez mais, com o máximo aproveitamento dos recursos.

Quais são as soluções da Mutant mais indicadas para a minha empresa?

Uma empresa hoje precisa ser uma grande máquina de eficiência, o que exige integração, inovação e posicionamento. Com esse olhar, a Mutant desenvolveu um amplo portfólio de produtos e serviços com o objetivo de ajudar nesse desafio.

O Mutant Optimus, por exemplo, contribui com a eficiência operacional ao facilitar a elaboração de projetos, além de estruturar e distribuir o trabalho entre as equipes — que podem ser facilmente dimensionadas. Consequentemente, as filas de espera diminuem, assim como os erros e a rotatividade de colaboradores.

Afinal, toda vez que a empresa troca um profissional, mesmo que consiga uma ótima contratação, vive um período de adaptação e opera limitada, abaixo do seu potencial máximo. Em vendas complexas, esse período pode durar de seis meses a um ano. Não é pouca coisa!

De um ponto de vista mais abrangente, as soluções Mutant também otimizam as jornadas de atendimento e cobrança, com:

  • automação humanizada do atendimento nos canais digitais;
  • gestão das jornadas de aquisição e conversão de clientes com foco em performance;
  • recuperação de crédito com integração, automação e inteligência;
  • consultoria em CX.

Vale destacar o papel da consultoria em meio a tanta tecnologia. Especializada em competências digitais, ela ajuda a trabalhar a cultura interna, que é a chave da aplicação humanizada e estratégica da eficiência.

Em outras palavras, não basta que a gente contribua pra que um processo seja executado com a competência de um pit stop de Fórmula 1. É preciso trabalhar esse aspecto interno pra que todos se sintam realizados com o nível elevado de agilidade e precisão que nossa tecnologia e automação oferecem.

Essa é a sensação que contagia o cliente e ajuda a traduzir a eficiência em uma experiência única e encantadora. Isso é promover a eficiência operacional sem fazer com que as pessoas se tornem máquinas. O intuito, na realidade, é que a própria tecnologia seja percebida com o máximo de humanidade que pudermos emprestar a ela.

Quer saber o melhor de toda esta conversa sobre eficiência operacional? É que esse propósito que descrevemos nos aproxima dos clientes, com os quais temos uma sinergia natural, já que eles costumam incorporar facilmente essa abordagem.

Você sente que ela pode fazer diferença no seu modelo de negócio? Então entre agora em contato com a Mutant e descubra como podemos ajudar!

    • Receba nosso conteúdo em primeira mão.