Marketing

Quais os impactos do blockchain no marketing digital?

Por: Mutant, fevereiro 11, 2020

Já está por dentro da tecnologia blockchain? Se entende de criptomoedas, provavelmente conhece como ela funciona. Mas você sabe qual é a relação entre blockchain e marketing digital? A implementação desse tipo de registro promete revolucionar, para melhor, a forma com que as transações são realizadas, inclusive às relacionadas ao marketing.

Neste conteúdo, você entenderá o que de fato é blockchain e como isso funciona e se relaciona com o marketing digital. Por fim, ainda saberá quais são as transformações que devem acontecer no futuro, fazendo com que você já se antecipe à demanda e se prepare.

Quer saber como essa inovação vai transformar o mercado? Então, confira com a gente. Boa leitura!

O que é blockchain?

Blockchain é um formato de registro público de transações. É responsável por garantir transparência, segurança e eficiência a partir de criptografia e de um modelo em funcionamento. Ou seja, deve ficar claro que ele não é um fornecedor ou um produto.

Além disso, é um conceito de arquitetura de dados, existindo vários tipos blockchains. Desse modo, é possível que seja aplicado no registro de transações nas mais variadas áreas. Ainda que blockchain não seja limitado à área financeira, o tipo mais popular é o que dá suporte às movimentações financeiras em moedas virtuais, como as criptomoedas.

Como funciona?

Como o ambiente de blockchain não funciona sob regulação governamental, é necessário contar com algumas características para que a confiança de todos seja plena. Por isso, é fundamental ter mecanismos para garantir transparência e segurança, mantendo os dados confidenciais.

O blockchain é um tipo de corrente de blocos. Ou seja, as transações são registradas a partir de blocos com criptografia, validados pelos próprios usuários e, depois, são encadeados com os outros, em forma de corrente.

Em primeiro lugar, o banco de dados faz o registro da solicitação de uma transação que é assinada de maneira digital por todas as partes envolvidas. Depois, é necessário que ela seja analisada por algum integrante da rede, chamado de minerador, que verificará a autenticidade das assinaturas digitais e também oficializará a transação. Ter um caráter descentralizado é uma das principais características do blockchain.

Como as transações podem ser vistas por qualquer pessoa, é fundamental garantir que ninguém terá o poder de alterá-las. Por isso, depois de validada, uma transação é encadeada ao bloco anterior e posterior, gerando uma sequência de códigos imutáveis e únicos. Assim, a transação estará segura e validada no banco de dados.

Qual é a relação entre blockchain e marketing digital?

Tudo bem, mas o que isso tem a ver com marketing digital? Além do mercado financeiro, diversas áreas que precisam de segurança em processos corporativos e comerciais para funcionar estão sendo transformadas.

Para você ter ideia de como isso funciona, a Microsoft, em parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte, começou a usar o blockchain no estacionamento rotativo, substituindo os antigos talões. Com isso, os créditos passaram a ser comercializados por blockchain às empresas que desejem revendê-los e elas os oferecem aos clientes a partir do aplicativo delas.

O pedido é validado pela própria rede, fazendo com que a venda de créditos se torne mais eficiente e segura, o que é fundamental para serviços como o de estacionamento rotativo. Com o sistema descentralizado, evita-se que haja desconfiança entre as partes ou até mesmo investigações futuras sobre fraudes.

Mais uma vez, você deve estar pensando qual é a aplicação prática no Marketing Digital. Então, sem mais delongas, vamos lá. Pense nas últimas transações que você fez para anunciar um produto ou serviço no Google Ads ou no Facebook ou mesmo um produto que você comprou em um e-commerce. Em todos os casos, uma instituição financeira fará a verificação e confirmação da transação, não é mesmo? Tudo isso pode ser eliminado com o blockchain, de maneira descentralizada.

Sem ter um intermediário e contando com o poder da rede de se validar, a negociação fica ainda mais direta, diminuindo os preços e gerando a tendência de preços menores.

Quais mudanças o blockchain pode trazer para o marketing digital nos próximos anos?

De maneira clara, o blockchain deve tornar as principais ações de marketing digital mais simples, seguras e transparentes para todos os envolvidos em transações que envolvam marketing digital. Isso significa que poderá ser mais fácil encontrar profissionais e confiar nas métricas que envolvem a compra de espaço publicitário, por exemplo.

Estar de olho nas inovações, como o data drive marketing, é fundamental para manter sua empresa competitiva no mercado.

Quer entender melhor como isso acontece? Veja agora!

Meio próprio de pagamento

Quem gosta de investir e estudar sobre bitcoins e outras criptomoedas já sabe das diversas possibilidades de receber e enviar pagamentos. Imagine se isso pudesse também ser feito nos serviços de marketing digital? Dessa maneira, os meios de pagamento poderiam incluir, além dos métodos mais tradicionais, pagamentos em criptomoedas.

Com isso, o mercado ficaria ainda mais quente, já que, muitas vezes, os clientes ou profissionais estão em outros países, facilitando as transações que seriam online e sem contar com intermediadores para onerar os serviços e desestimulá-los por ambas as partes.

Como o blockchain está ficando mais amadurecido, a tendência é que, nos próximos anos, esse formato fique mais comum. Entretanto, para que isso aconteça, as criptomoedas precisaram ser mais utilizadas pelas empresas, mesmo pelos pequenos negócios.

Entender as demandas dos consumidores é fundamental para ter um modelo de negócio centrado nos clientes e que consiga render os resultados desejados.

Confiabilidade

Todo mundo já pensou que a quantidade de visualizações em um determinado anúncio estava inflada em determinada campanha. Com blockchain, você vai garantir ainda mais segurança em todas as transações, favorecendo a transparência de relacionamento entre empresas.

Como essa demanda é alta, a tendência é que o blockchain possa ser usado para deixar cada ação tomada mais clara para quem consumiu os serviços, gerando uma gestão mais adequada.

Entender a relação entre blockchain e marketing digital aumenta as chances de você se preparar para enfrentar as mudanças enquanto ainda é tempo. Além disso, pensar em maneiras para deixar cada transação mais transparente, eficiente e segura é algo que você já pode fazer agora nas suas estratégias de marketing. Com isso, a experiência dos consumidores melhorará.

Falando em experiência, veja agora como é possível adotar o marketing de experiência nas suas experiências. Quer saber como? Então, confira agora. Esperamos por você!

  • Receba nosso conteúdo em primeira mão.