Marketing

Posicionamento de mercado: qual a importância e como analisar a concorrência?

Por: kamilla.pena, junho 29, 2022

O posicionamento de mercado é um velho conhecido do marketing. Mas nem por isso se trata de uma estratégia ultrapassada ou que pode ser negligenciada pelas empresas. Mais que nunca, as marcas precisam definir quem são pra ganhar espaço em um ambiente tão competitivo.

Afinal, os clientes agora buscam por identificação com os empreendimentos pra construírem uma relação de consumo. Atingir esse patamar somente é possível criando uma imagem sólida na mente dos consumidores.

Papo complexo? Não se preocupe, pois elaboramos este conteúdo que retoma o bê-á-bá do assunto. Confira!

O que é posicionamento de mercado e qual a sua importância?

Vamos começar pelo conceito, ok? Posicionamento de mercado é a capacidade de uma marca estabelecer e projetar uma identidade ou imagem diferenciada, influenciando a percepção do seu público-alvo sobre ela ou suas soluções. Quer saber qual é a importância disso? Olha só esses 3 motivos:

  • permite ao negócio se destacar da concorrência;
  • gera maior relevância;
  • aumenta o reconhecimento imediato pelos consumidores.

O que considerar pra elaborar um posicionamento de mercado de sucesso?

Já percebeu que investir em posicionamento de mercado é básico? Não dá pra ganhar espaço e se tornar uma marca campeã sem essa estratégia. Então, que tal descobrir como fazer isso? A seguir, te contamos quais fatores avaliar na hora de montar o seu!

Definir o core business

O core business nada mais é do que o propósito da marca, sua atividade principal e a razão de existir. Desse modo, defini-lo é, em primeiro lugar, um exercício de autoconhecimento. Somente a partir dele é que o negócio consegue estabelecer as estratégias, as prioridades e os caminhos pelos quais vai se desenvolver.

Isso tudo não se baseia apenas nos interesses dos proprietários: depende também da disponibilidade de recursos, oportunidades e ameaças de mercado, bem como das forças e das fraquezas que agem internamente.

Realizar uma análise SWOT — ferramenta do planejamento estratégico usada pra identificar esses elementos — logo no início do projeto é o ideal, evitando equívocos e possibilitando a aplicação dos esforços no que realmente agrega aos objetivos.

Entender o mercado

Tanto a definição de um mercado-alvo quanto a sua segmentação são uma parcela relevante do posicionamento. Disso dependem decisões como precificação, canais de atendimento, vendas e comunicação, linguagem etc.

Quanto ao primeiro e mais amplo, pesquisas que agrupam o público de acordo com suas necessidades, demandas e preferências viabilizam identificar qual nicho será beneficiado pelos produtos ou serviços da empresa. Ou seja, quem realmente pode se interessar pela solução oferecida.

Já a segunda começa por uma análise que considera demografia, localização e estilo de vida desses potenciais clientes. Tal afunilamento otimiza desde o desenvolvimento de novos itens até as estratégias de publicidade, direcionando os recursos ao que tem maior potencial de gerar resultados.

Considerar o comportamento do consumidor

Agora que se sabe quem é o público-alvo, o próximo passo é descobrir como atraí-lo e agradá-lo. Tanto criar uma identidade pro negócio quanto elaborar um funil de vendas efetivo dependem disso.

A lógica é que construir um relacionamento com o consumidor é como fazer um amigo. E ninguém faz amizade com alguém com quem não tem nada em comum, não é mesmo?

Assim, além dos aspectos práticos aplicados à segmentação, entender o comportamento do cliente de forma aprofundada é o que permite o direcionamento de ações compatíveis com seu perfil, reduzindo as objeções.

Investir em ações de marketing e branding

O marketing e o branding são os meios pelos quais a empresa vai comunicar seu posicionamento de mercado ao público-alvo. Sua identidade deve guiar todas as ações. Desde as redes sociais até o atendimento de vendas precisam estar coerentes pra reafirmar a imagem da marca.

Nesse sentido, é fundamental trabalhar a diferenciação, focando o que torna os produtos ou serviços do empreendimento uma solução única de tal maneira que esse fator seja lembrado pelo cliente na hora da decisão de compra.

Analisar a concorrência

No ambiente de negócios atual, é muito raro que uma empresa monopolize todo um nicho de mercado. Ou seja, que não tenha outros empreendimentos disputando a mesma parcela de clientes ao oferecer produtos ou serviços semelhantes.

Assim, é imprescindível saber quem são essas empresas e efetuar uma análise completa sobre o posicionamento de cada uma delas. Pra isso, descubra:

  • qual imagem projetam e como são percebidas pelos consumidores;
  • quais são as vantagens e as desvantagens de suas soluções;
  • quais estratégias usam pra se comunicar com o público.

Qual é a importância de avaliar os concorrentes pro posicionamento de mercado?

Se uma das vantagens do posicionamento de mercado é oportunizar ao negócio se destacar dos concorrentes, faz todo o sentido analisar esses empreendimentos. Pense só: há muitos atributos que funcionam como elemento de diferenciação, entre eles:

  • menor preço;
  • maior benefício;
  • inovação e design;
  • valor agregado;
  • qualidade, desempenho e durabilidade;
  • exclusividade;
  • superioridade;
  • disponibilidade e acessibilidade;
  • aplicabilidade em resposta a uma necessidade.

A comparação com a concorrência serve pra descobrir qual desses fatores é o melhor pra embasar a estratégia. Portanto, é em relação aos competidores que uma marca se torna única e, a partir disso, constrói sua imagem.

Por que investir em ações pra se diferenciar dos concorrentes?

Com a digitalização encurtando as distâncias, a disputa pelos clientes passou a ser em escala global. Caso deseje, um comprador consegue obter uma mercadoria que vem do outro lado do mundo sem sair de casa.

Nesse contexto, investir em ações pra se diferenciar dos concorrentes é uma necessidade pra ter a preferência dos consumidores. E não dá pra negar que a melhor forma de realizar isso é mostrando que sua solução apresenta mais benefícios que as demais opções disponíveis.

Assim, utilizar tal estratégia no posicionamento de mercado dá à empresa vantagem competitiva aos olhos de quem interessa: o público. Em consequência, ela será lembrada na decisão de compra.

Não dá pra negar que a diferenciação da concorrência e o posicionamento de mercado estão profundamente ligados. Considerando o papel deles pra aumentar os resultados de negócio, é fundamental investir nessa estratégia pra empresa crescer. Nossas dicas vão te ajudar!

Este conteúdo abriu seus olhos na hora de se posicionar perante o mercado? Então, compartilhe-o nas redes sociais!

    • Receba nosso conteúdo em primeira mão.