Marketing

Guia de como fazer marketing para negócios locais

Por: Mutant, outubro 7, 2021

Já parou pra pensar na forma como o marketing se relaciona com o sucesso da empresa? 

Esse conceito é, sem dúvidas, consolidado entre as grandes corporações. Mas, quando falamos em marketing para negócios locais, será que todos os gestores sabem a importância dessa estratégia existir? 

Uma coisa podemos adiantar: talvez esse seja um dos melhores investimentos para quem deseja conquistar espaço no mercado e impulsionar a retenção de clientes. Bora explorar um pouco sobre o assunto? Acompanhe as dicas que trouxemos neste artigo!

O que é marketing para negócios locais?

O sucesso mora ao lado. Essa talvez seja a frase que melhor define o marketing para negócios locais. É que suas estratégias priorizam ações focadas na segmentação geográfica.

Isto é, tudo é desenvolvido para chamar atenção e engajar pessoas que residam ou trabalhem nas áreas mais próximas do negócio.

Nesse momento você pode estar pensando: ora, mas qualquer projeto de marketing concentra esforços em um público específico, e também leva em conta o fator localização.

E, de fato, o seu raciocínio está correto. A diferença, entretanto, é que neste modelo todas as campanhas são construídas para ampliar a visibilidade do negócio diante de quem está geograficamente perto.

Sabe por que essa estratégia é necessária e tem um impacto maior pros pequenos negócios? Porque a proximidade é transmitida como um diferencial competitivo.

Analisa só, se o cliente tem acesso a produtos ou serviços de qualidade, bem perto do seu alcance, a tendência é que eles privilegiem o comércio da região. É mais fácil, rápido e até mesmo mais econômico.

O marketing para negócios locais gera oportunidades e aumenta o potencial da empresa de trazer melhores resultados. Por isso ele se tornou uma peça-chave pra quem atua no âmbito local.

O que é marketing digital para negócios locais?

O marketing digital funciona como um complemento para que os negócios locais direcionem suas estratégias de forma mais eficiente.

É que, sozinha, a localização geográfica não é suficiente para reunir todas as informações necessárias sobre o seu público, ou seja, pra fazer uma segmentação minuciosa.

Os avanços tecnológicos no campo do marketing digital trouxeram inúmeras oportunidades para entender o comportamento das audiências. Quais são elas?

Com os perfis criados nas redes sociais, por exemplo, é possível se aproximar do cliente de forma bem natural e espontânea. E, de quebra, aproveitar essa oportunidade de conexão pra fazer perguntas e coletar insights que conduzam suas campanhas pelo melhor caminho.

O mesmo acontece com vários outros canais: você pode utilizar o e-mail marketing para o envio periódico de mensagens específicas; usar ferramentas como Web Analytics para compreender os hábitos desse público nos meios digitais.

Estamos no auge da era digital, o consumidor moderno está cada dia mais presente no ambiente online, gerando dados a todo instante. Logo, é impossível pensar num trabalho de marketing bem-sucedido, sem considerar e colocar em prática as funcionalidades das ferramentas digitais.

Ok, mas por onde começar? O marketing de performance talvez seja a resposta que seu empreendimento precisa.

Quais são as principais características do marketing para negócios locais?

Além de estratégias focadas na atração do público geograficamente próximo, o marketing para negócios locais também apresenta como principais características:

  • objetivo de agregar valor a algum produto ou marca;
  • estudo sobre hábitos e costumes das pessoas que vivem ou frequentam a região;
  • análise dos perfis econômicos e culturais da audiência;
  • personalização e proximidade no atendimento.

E sabe o que é melhor? Você não precisa fazer grandes investimentos para atingir bons resultados. Significa que é possível ampliar seu crescimento no mercado e o engajamento dos clientes, com um baixo risco de prejuízos.

É isso. Ao unir todas essas características, seu negócio consegue desenvolver campanhas mais precisas. São coletadas muitas informações específicas sobre o cliente e o mercado, que serão convertidas em vantagens competitivas mais a frente.

Como o marketing para negócios locais se diferencia de outras categorias?

Conhecer o cliente é uma tarefa fundamental pra criar campanhas que convertam. E, no comércio local, as estratégias de marketing se diferenciam pela proximidade física.

Nesse modelo de atuação, mais do que qualquer outro, não adianta querer falar com o maior número de pessoas, e acreditar que isso aumentará as chances de fechar bons negócios e atrair mais clientes.

De certa forma, podemos dizer que os negócios locais fazem parte da rotina dos seus consumidores. Por isso, canais convencionais como distribuição de flyers na região e apoio em eventos realizados na sua área fazem muito sentido para o plano de comunicação da empresa.

Traduzindo o diferencial do marketing para negócios locais em uma frase: trabalhar ao lado do consumidor.

Quais são as vantagens do marketing para negócios locais?

A primeira grande vantagem do marketing para negócios locais é possibilidade de destacar o seu negócio. Sabe aquela frase “o que não é visto não é cobiçado“? 

Pois bem, o simples fato da empresa existir em determinada área não significa que a maioria das pessoas que convive naquele ambiente conheçam a empresa, e muito menos o seu propósito.

Logo, o papel do marketing local é justamente quebrar essa barreira. Mostrando a que a empresa veio, como ela funciona, quais os valores que ela agrega naquela região, sobretudo para o seu público-alvo.

O marketing para negócios locais amplia as oportunidades de o negócio ser notado, e a partir daí desenvolver uma relação sólida e duradoura com seus clientes. #simplesassim

Outro ponto bastante positivo em relação à estratégia é que ela ajuda a entender melhor as preferências dos seus potenciais compradores: os vizinhos. E olha, dizem que eles são os mais fiéis.

A ideia é a seguinte: a partir do momento que você compreende quais são as expectativas do seu consumidor, compreender o que passa na cabeça deles, a comunicação se torna muito mais fácil e assertiva. 

No fim das contas, esse alinhamento vai dar aquele up nos seus resultados.

Dito isso, devemos refletir que, consumidores satisfeitos estão mais propensos a defender a experiência que tiveram com a sua empresa, e se tornarem verdadeiros promotores da sua marca. #ThinkAboutIt

Como montar uma estratégia de marketing para o meu negócio?

Pronto! Agora você já sabe o que é o marketing para negócios locais, e quais os principais impactos dessa estratégia nos resultados da empresa, entenda como montar um bom planejamento de comunicação e tirar suas ideias do papel.

Reconheça o seu objetivo

Ter um objetivo claro, ou seja, saber onde deseja chegar é um elemento-chave para a escolha das estratégias certas, e não desviar do caminho que levará ao seu negócio para o sucesso.

Se o intuito é gerar visibilidade, por exemplo, requer um trabalho de marketing diferente das empresas que estão em busca de aumentar as vendas ou finalizar clientes.

Reconhecendo seus objetivos, o gestor consegue desenvolver um planejamento mais adequado, definir prazos e metas realistas a serem alcançadas. E o principal, transmitir as missões do seu projeto com o time envolvido.

Lembrando que, o plano de marketing não é uma ferramenta estática. Sempre que necessário ele pode e deve ser revisado.

Inicie com uma estratégia simples e focada

Como mencionado, não adianta apostar em estratégias mirabolantes, se elas não são compatíveis com a realidade do seu negócio e não há condições apropriadas pra executá-las.

Nesse cenário, um conjunto de ações simples e focadas no cliente é o que o seu negócio precisa pra fortalecer a percepção da sua marca e aumentar as possibilidades de venda.

Até porque, os negócios locais funcionam com uma relação muito mais próxima e pessoal com os consumidores. De tal modo que não faz sentido investir tempo e esforços em condutas que não estejam alinhadas com a sua essência.

O cuidado aqui é não centralizar seus esforços em um único meio de comunicação. Já ouviu falar em marketing 360 graus? De forma bem resumida, trata-se de articular uma única campanha em todos os canais relevantes para a empresa. 

Isto é, levar sua mensagem para o público-alvo, independentemente do ponto de contato.

O marketing 360 graus traz o equilíbrio entre as mídias tradicionais e o alcance cada vez mais amplo das redes sociais. Assim, é possível alcançar interações positivas, aumentar não somente o potencial de vendas, como também o valor da marca.

Conheça o seu público

Conhecer o seu público. O processo de construção de um trabalho de marketing bem-sucedido, necessariamente, requer esta habilidade. É preciso conhecer intimamente a sua audiência para a escolha das ferramentas certas e posteriormente colher os resultados esperados.

Na verdade, esta etapa é crucial pra que todas as demais ações tenham efetividade. Mais do que trazer insights, o domínio sobre as características dos clientes é indispensável para aplicá-los da forma correta. 

Analisando sobre as perspectivas das mídias sociais, por exemplo, é o conhecendo o seu público que você vai entender em quais plataformas a empresa deve estar presente. 

A lógica é a seguinte: não adianta investir em campanhas do Facebook para impulsionar o negócio, se a grande maioria dessas pessoas são usuárias regulares do Instagram.

Ademais, essa intimidade com o cliente ultrapassa as questões do marketing. Isso vai ajudar no tom de voz, nas características do atendimento, enfim, em cada detalhe que os faça sentir únicos e especiais.

Acompanhe as ações de marketing dos seus concorrentes

Tão importante como monitorar o desempenho das suas campanhas de marketing ao longo da jornada do cliente, é acompanhar o que a concorrência tem feito para se destacar na acirrada competitividade do mercado.

Sabe por que? Além de ampliar a sua visão e perspectivas de negócio, usar seus adversários como parâmetro ajuda a esclarecer o que funciona bem, e os pontos da sua atuação que devem ser revisados.

Acompanhar a concorrência é sinônimo de enxergar oportunidades, detalhes que podem fazer a diferença para que o seu negócio local crie experiências únicas e memoráveis para o público.

Seguindo esse raciocínio, o gestor consegue detectar, por exemplo, os principais motivos de reclamação dos consumidores que tiveram uma experiência ruim com aquela empresa. E assim, identificar nos seus próprios processos o que deve ser melhorado.

Aposte na cultura do Customer Centric Marketing

Customer-Centric Marketing. É uma abordagem onde o planejamento e execução de todas as campanhas de marketing de uma empresa são direcionadas para a satisfação de necessidades dos consumidores, com os respectivos passos para atingir tais objetivos.

Em outras palavras, o cliente é colocado no centro de todo o processo. E quando isso acontece, os ciclos de demanda e oferta tendem a ficar mais alinhados. Afinal, os produtos e serviços são pensados conforme o que esse público deseja e necessita.

Conheça os 4 Pilares fundamentais da estratégia!

  • influencers;
  • conteúdo de qualidade;
  • comunidade; 
  • clientes promotores.

Um dos grandes desafios para implementação bem-sucedida da cultura pró-consumidor funcionar é aplicá-la ao longo de toda a jornada de compra. Isto é, fazer com que ela ultrapasse o campo do marketing e esteja presente em todas áreas da empresa.

Acerte na forma de atender

Quando o assunto é atrair e fidelizar clientes, não resta dúvidas de que o atendimento é uma das molas propulsoras que conduzem a empresa ao sucesso. E por que não dizer, um dos pilares das estratégias de marketing?

Por melhor que sejam os produtos ou serviços de um negócio local, dificilmente ele será capaz de apagar a memória de um péssimo atendimento. E o pior, essa reputação pode acabar se espalhando com facilidade.

A forma de atender é uma solução eficiente para gerar confiança e lealdade. Por isso, esta etapa jamais pode ser negligenciada no planejamento de marketing dos negócios locais.

Diante da acirrada concorrência do mercado, o bom atendimento representa uma arma poderosa para destacar seu negócio na multidão. Portanto, faça dele um reflexo da cultura focada nos clientes.

Então, essas são as principais informações sobre o marketing para negócios locais. O que está esperando para colocá-las em prática?

Como você pôde ver, essa é uma tarefa que enseja inúmeros desafios. Mas, definindo a estrutura que mais faz sentido na jornada de vendas da sua empresa e com uma boa comunicação, é possível superar as expectativas dos clientes e oferecer uma performance de excelência.

Conseguimos esclarecer suas dúvidas? Pra receber mais dicas como essas no seu e-mail, assine agora mesmo nossa newsletter!

    • Receba nosso conteúdo em primeira mão.